Inaugurado em Agosto de 2009
Contador de visitas

MSX GOLD MSX GOLD MSX GOLD: SPECCY

Publique sua análise
HOMETERMO DE USOMÍDIASJOGOSHISTÓRIA
SISTEMA DE BUSCAFALE CONOSCOLINKSMSX NO MUNDOOUTROS SISTEMASUTILIDADE GERAL


Jogos Aleatórios

SPECCY

ZX SPECTRUM (Sinclair Research)

A.K.A: ZX82,SPECCY
Fabricante:Sinclair Research
Geração:Segunda
Tipo:Computador Doméstico (Home Computer)
Mídia(s):Fita cassete, disquete
Sistema Operacional:Sinclair Basic
Lançado em:1982
Descontinuado em:1990
Memória:16 KiB / 48 KiB / 128 KiB
Processador:Z80 em 3,5Mhz
ZX Spectrum - também conhecido como ZX82 , Speccy- foi um computador doméstico de estrondoso sucesso durante a década de 80.

No Brasil, a empresa Microdigital Eletrônica fabricou clones do ZX82 que ficaram conhecidos no país como TK-90X e TK-95 (essa segunda versão com teclado profissional).

Um dos grandes trunfos do ZX Spectrum em relação aos seus antecessores era a capacidade de reproduzir gráficos em cores quando ligado a TV.

Inicialmente estava disponível no mercado em 2 versões: Uma com memória de 16KB e outra com memória de 48KB. Era possível transformar a versão mais simples na de 48KB através da adição de 8 chips de memória.

O seu teclado foi o responsável por incorporar mais tarde na indústria o termo "teclado chiclete", pois o mesmo era composto por uma placa de borracha. Porém, foi muito criticado pelos usuários, pois entre outros problemas, estava a questão das avarias e mal funcionamento do computador.
Outro motivo de críticas ao teclado era o fato do mesmo possuir palavras chaves integradas nas teclas junto às letras.Além de não haver também teclas de cursor separadas e nem uma tecla dedicada de apagar , porém isso foi corrigido mais tarde, com o lançamento de outros teclados para o sistema.

Ao longo dos anos foram lançadas várias versões posteriores do Spectrum, entre elas podemos destacar:
Zx Spectrum Plus (1984) - Tinha 48K, um teclado melhorado que ,agora sim, incluía cursores e outras teclas adicionais.
Zx Spectrum 128K - Possuía o mesmo teclado do modelo Plus, 128K de RAM, sendo que o usuário final poderia usar 104K do total.3 canais de som e uma nova versão do Sinclair Basic.

Houve uma tentativa de lançar um computador de 32bits chamado Sinclair QL (em janeiro de 1984), porém o mesmo foi um fracasso de vendas e logo descontinuado.
Durante o desenvolvimento dos computadores ZX Spectrum, o Sir Clive Sinclair insistiu na fabricação de um carro elétrico (O C5) que comercialmente também foi um fracasso vendendo apenas 17.000 unidades.
Devido a esse duplo fracasso (Sinclair QL, C5), Sinclair se viu obrigado a vender a divisão de computadores ZX Spectrum à Amstrad.
A Amstrad por sua vez, desenvolveu novos modelos Plus da linha Zx Spectrum, sendo eles:

ZX Spectrum 128K +2 Possuía um gravador de cassetes embutido no micro.
ZX Spectrum 128K +3 Versão melhorada do +2 possuía um drive de disquetes 3/1/2 embutido.Uma porta para ligar um segundo drive de disquetes paralelos , introdução do +3 DOS entre outras melhorias.
ZX Spectrum 128K +2A/B A versão +2A era como a versão +3 com gravador de cassetes. A versão +2B tinha um upgrade na ROM.

Zx Spectrum 128K + 3B Muito similar ao +2B. A grande diferença estava na geração do sinal de áudio desse sistema.Possuía também leitor interno de disquetes.

O Zx Spectrum foi descontinuado após viver imensa glória nos anos 80 por perder espaço para os rivais, como: Commodore 64, PC, e aos videogames de 8/16 bits que também concorriam no mercado com opções mais atraentes de jogos.

Comentar


Ocorreu um erro neste gadget

Últimos Posts

BlogBlogs.Com.Br