Inaugurado em Agosto de 2009
Contador de visitas

MSX GOLD MSX GOLD MSX GOLD: ANÁLISE DE OUTRUN (16-Bit)

Publique sua análise
HOMETERMO DE USOMÍDIASJOGOSHISTÓRIA
SISTEMA DE BUSCAFALE CONOSCOLINKSMSX NO MUNDOOUTROS SISTEMASUTILIDADE GERAL


Jogos Aleatórios

ANÁLISE DE OUTRUN (16-Bit)

OutRun
★★★★★
Tipo:Jogo
Ano:1991
Gênero:Corrida
Produtora:SEGA
Formato:ROM
Observações:--

BELA CONVERSÃO!!

Não é Arcade Perfect porque faltam detalhes aqui e ali e em alguns cenários certas construções arquitetônicas foram substituídas por outras, de menor porte, e alguns estágios parecem ter menor duração se comparados à versão Arcade.

Apesar disso , vejo algumas melhorias como a escolha das cores , mais vibrantes. Alguns carros aparecem na pista com cores diferentes à sua contraparte original, e o vermelho da Ferrari é mais intenso. Somente os cuzões do Baú de Jogos para reclamarem a ponto de proferir pérolas do naipe "pra época podia ter uma conversão melhor". Ah, vão dormir, porra. Vocês não sabem de nada , seus palhaços.

Ninguém viveu a intensidade gamer dos anos 90 como eu, seus filhos da puta. E vocês só falam groselha na análise de vocês sobre o clássico mais idolatrado da galera: Sonic the Hedgehog. Portanto, vão tomar na borda do cu de vocês, arrombados!

Pronto, voltando à análise: mantiveram grande parte das nuances do Arcade como os níveis , subidas e descidas e relevos dos traçados, inclusive há NA MESMA ORDEM DO ARCADE o clássico estágio do túnel de arcos de pedra, mas os imbecis do Baú de Jogos parecem realmente não jogarem os jogos que se propõe a resenhar a ponto de cometerem a blasfêmia de dizer que o poderoso Mega Drive não possuía esse estágio. Possui sim!

Resumo da ópera: Entre as conversões dessa época, essa é a que mais se aproxima do original e ponto final. Não gostou? Balança e sacode meu pau, au au!



Ocorreu um erro neste gadget

Últimos Posts

BlogBlogs.Com.Br