Inaugurado em Agosto de 2009
Contador de visitas

MSX GOLD MSX GOLD MSX GOLD: ANÁLISE DE MARIO IS MISSING!

Publique sua análise
HOMETERMO DE USOMÍDIASJOGOSHISTÓRIA
SISTEMA DE BUSCAFALE CONOSCOLINKSMSX NO MUNDOOUTROS SISTEMASUTILIDADE GERAL


Jogos Aleatórios

ANÁLISE DE MARIO IS MISSING!

Mario is Missing!
★★
Tipo:Jogo
Ano:1993
Gênero:Arcade Adventure/Educativo
Produtora:Radical Entertainment
Formato:Cartucho
Observações:Requer conhecimentos de Inglês
Eis um jogo sobre o Mario no qual controlamos Luigi.

Jogo educativo com elementos de arcade-adventure, que frustrou os fãs da série que esperavam por mais um jogo clássico de plataformas.

Vamos à história do jogo: Kopa usou uma máquina para enxugar a Antártica e raptou Mario para que seus planos não fossem frustrados mais uma vez.

Então cabe a Luigi atravessar o mundo respondendo quizzes sobre a cultura de diversos países. Faz sentido hein? Só que não.

Apesar da paleta de cores do NES ser um lixo, o jogo tem bons gráficos. Por outro lado é burocrático pra cacete. Nas cidades Luigi cruza com pessoas, e apertando SELECT acessa uma opção na qual faz uma pergunta sobre o lugar. Quando finalmente tem uma ideia, habilita a opção para Yoshi cruzar o mundo. Montado nele, tens que passar por lojas onde responde perguntas. Óbvio que antes tem que derrotar os 'koopas'. Ao vencê-los, libertam um saco com os itens que tinham roubado.E Luigi tem que devolvê-los às lojas saqueadas. Quando chega nos estabelecimentos vais responder perguntas a respeito do país até acertar. Quando acerta a loja é reaberta. Tens que reabrir todas as lojas dos países pra depois entrar pelo cano pra sair da fase. Que jogo chato e monótono.

Ah! Requer conhecimentos de inglês. Senão, vais passar mais raiva do que aqueles que entendem o idioma. Nem percam o tempo com essa "obra".



Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.
BlogBlogs.Com.Br