Inaugurado em Agosto de 2009
Contador de visitas

MSX GOLD MSX GOLD MSX GOLD: ANÁLISE DE MORTAL KOMBAT 3

Publique sua análise
HOMETERMO DE USOMÍDIASJOGOSHISTÓRIA
SISTEMA DE BUSCAFALE CONOSCOLINKSMSX NO MUNDOOUTROS SISTEMASUTILIDADE GERAL


Jogos Aleatórios

ANÁLISE DE MORTAL KOMBAT 3

MORTAL KOMBAT 3
★★★
Tipo:Jogo
Ano:1995
Gênero:Luta
Produtora:Midway
Formato:Arcade Board
Observações:--

Aqui a Midway conseguiu cagar no jogo, causando um baita desgosto nos fãs dos dois primeiros títulos da franquia.

E tudo porque quiseram enfeitar o pavão, modificando coisas que não precisavam, mexendo no time que estava ganhando.

O principal erro desse jogo foi a adição de novos personagens totalmente inexpressivos e bizarros, como Nightwolf, um índigena norte-americano com cara de bunda estremecida e Kabal, que usa uma máscara no meio da fuça e tem uns golpes totalmente sem graça. Stryker, um policial tosco pra caralho, que lança granada nos adversários ou acerta-os com um porrete. Pra completar o baile de horrores, temos Sheeva, uma versão feminina do Goro, cujo nível de baranguice excede à cota do humanamente suportável e Sindel - a mulher do Shao Khan, com um penteado e golpes igualmente escrotos. Como personagem secreto jogável há uma versão cibernética do ninja Smoke.

Kano e Sonya, que não fizeram a menor falta no título anterior, voltam nessa obra, mas não conseguem a salvar , pois o estrago já estava feito. Óbvio que jogadores chiaram porque esse elenco está mais para um filme de terror trash do que para um jogo de luta famoso , cujas vendas fizeram seu nome. A galera preferia infartar pelo cu a ter que jogar com esses personagens abomináveis.

Pra terminar de botar no cu dos fãs, tiraram Scorpion, a máscara do Sub-Zero - provavelmente por querer apresentar um novo conceito nesse jogo , onde todos os ninjas estariam robotizados, como Sektor e Cyrax - os únicos novos que prestam. Tiraram a Kitana, Mileena, Baraka, Jhonny Cage (esse confesso que não fez muita falta), Scorpion e Reptile, achando que personagens merdosos e podres como Stryker, Kabal e Nightwolf dariam conta do recado. O que gerou uma puta frustração nos fãs que não acreditavam na heresia que havia ocorrido.

Bom, os novos personagens são o pior desse Mortal Kombat, porém há pontos positivos e agora que já xingamos bastante o jogo, vamos falar a respeito deles:

Os gráficos foram melhorados novamente, o sistema de som continua excelente, embora as músicas já não sejam tão memoráveis como as dos títulos anteriores.

Os novos cenários é que são meio bagaceiros e desinspirados. A maioria tem uma temática fortemente urbana, mas compreendo que isso tem a ver com o enredo do jogo e com a invasão de Shao Khan à EarthRealm.

Criaram um novo monstro pra substituir Kintaro como sub-chefe. Um centauro chamado Motaro.

Tem um design bem interessante e um apelo diferente , em relação a Goro e Kintaro. O chefão continua sendo Shao-Khan e vencê-lo continua sendo um grande desafio.

Graças a Deus tiraram o defeito irritante da CPU de adivinhar todos os seus movimentos a toda hora, sem dar chance pro jogador de carne e osso.

A jogabilidade foi mantida intacta com seu clássico sistema de cinco botões, porém criaram um botão novo de corrida, que pode ser usado até sua pequena barra embaixo da barra de energia ser gastada.

Mas a mudança mais impactante foi um sistema novo de combos na qual a digitação de uma sequência específica de socos e chutes para cada personagem desemboca num combo que tira muito da energia do oponente.

Dessa vez o jogador que escolhe qual vai ser o tamanho da campanha que vai enfrentar. Há 3 torres diferentes com número diferente de adversários para enfrentar.

Criaram também os Animalities, uma nova forma de Fatality na qual o jogador se transforma num animal diferente para destroçar ou devorar o adversário. Para acioná-lo é necessário toda uma burocracia de fazer a luta durar 3 rounds, e no momento do "Finish Him/Her", executa-se uma sequência chamada "MERCY" que irá repor um pouco da energia do adversário. Quando surgir o momento da finalização novamente é executada essa finalização.

Confesso que é uma das finalizações mais esteticamente porcas e feitas nas coxas de toda a série Mortal Kombat, os animais tem uma renderização porca e unicolor, são malfeitos pra caralho e as animações tem poucos quadros, parecendo uma ideia de última hora, realizada com a bunda. Totalmente desnecessário.

E mantiveram os Babalities e Friendships do game anterior.

Pra finalizar podemos dizer que MK3 é um bom jogo se você analisá-lo isoladamente, com bons gráficos e boa jogabilidade. Mas , como parte de uma franquia , deixa muito a desejar, principalmente pelos novos personagens ultra-podres e cagados e pelos cenários desinspirados que reduzem demais a qualidade da obra.



Ocorreu um erro neste gadget

Últimos Posts

BlogBlogs.Com.Br